Posts

PANDEMIA VACINAL

Image
Testemunhos e evidências tanto persoais como documentais apontam a que as persoas vacinadas estám a espalhar o famigerado vírus, e numha variante mais rabeada, possivelmente a chamada «delta». Mas esse sempre foi o objectivo real da vacina, prolongar a «pandemia» (culpando ao passo os nom vacinados) ou mesmo criar umha verdadeira pandemia.  É ao mesmo tempo muito provável que os vacinados esteam a sofrer um enfraquecimento da sua imunidade natural, que os deixará vulneráveis a outros coronavírus, enquanto os nom vacinados continuarám a contar na sua imunidade natural contra todo tipo de coronavírus, incluído o que causa o Covid19.  Iniciar umha campanha de vacinaçom no meio da «pandemia» (pandemia no mesmo sentido do que os surtos de gripe que ocorrem todos os anos) foi umha verdadeira aberraçom, como já foi apontado polos doutores Vanden Bossche, Malone, Yeadon ou Bhakdi, e está a causar a predominância e espalhamento das variantes mais agressivas desse vírus. E ao vacinar gentes que

ESTAMOS EM GUERRA

Image
A civilizaçom humana, ou as civilizações humanas, desde o advento da revoluiçom agrícola do Neolítico, carateriza-se pola prática regular e periódica da guerra, em que muitos seres humanos loitam, matam e morrem. É resultado dumha loita polos recursos e a terra que os alberga. Na sua origem está o domínio da natureza que vimos desenvolvendo, pra segurar a nossa sobrevivência, numha projeçom da incerteza do futuro cara o presente. Mas o progressivo desenvolvimento da nossa capacidade racional e técnica, pra ir segurando essa imaginada e desejada sobrevivência, foi dando numha atrofia da nossa dimensom espiritual, na nossa separaçom da natureza, e finalmente no nosso isolamento em cadanseu ego. Umha vez atravessado esse limiar, a atividade racional contínua e exacerbada tenta encher esse oco ou buraco que o progressivo anquilosamento da nossa espiritualidade foi deixando. E por vezes conseguimos mesmo enchê-lo, como demonstram as experiências dos místicos, por exemplo. Mas ocorre mais am

A LEI DO KARMA

Image
Levamos mais de ano e meio de suposta pandemia mundial. Umha pandemia causada ao que parece por um vírus que, segundo os dados disponíveis, nom é mais letal ca o da gripe ou da influenza de todos os anos. Um vírus que foi mui provavelmente argalhad o num laboratório, e largado à mantenta, de propósito. As provas de que isto fora programado por certas elites chamadas de globalistas está fora de toda dúvida, as provas do crime sobejam (embora semi-soterradas sob a maré da propaganda). E se a mortalidade inicial causada polo próprio coronavírus em apreço respondia em parte à existência dumha populaçom envelhecida e de fraca saúde que fora «poupada» no inverno anterior — ca no 2017-2018 a gripe fora «fraca» —, a resposta das autoridades foi o que causou o inicial excesso de mortalidade. Foi umha resposta a escala mundial, desenhada e ditada coa clara intençom de causar mortes e pânico polos criminais globalistas agochados atrás da OMS e dos governos de todos os países. O denigraçom e proib

O ENSAIO FINAL DA TRAGÉDIA QUE AÍ VEM

Image
 Após mais dum ano de grande teatro pandémico, a grande maioria da gente ainda nom exergou a natureza do drama que estamos a viver. Nom se decatam de que estamos a atuar no ensaio dumha peça de teatro, em preparaçom da sua encenaçom final, daqui a três, quatro ou cinco anos, como muito. Mas se nom se decatárom desta tragédia que estám ajudando a preparar, nom é por falta de informaçom ou inteligência. Tanto tem que lhes ponhades diante dos olhos as informações que demonstram empíricamente a falsidade do discuros pandémico, elas continuarám a acreditar nele e a participar, chegando mesmo a «matar o mensageiro», se necessário. A lavagem cerebral e a propaganda pretensamente informaçom tem a gente bem apreixada, e nom hai que os tire de alá. No entanto, hai um outro factor que explica a continuaçom desta ensaio de tragédia: agente QUER ACREDITAR NA PANDEMIA. A neurose individual e coletiva precisa desse drama, desse INIMIGO que os tem ocupados e os poupa de terem de lidar co desacougo psi

O PROGRAMA MUNDIAL DE CONTROLO DA POPULAÇOM

Image
O programa de vacinaçom mundial, mais do que um programa de genocídio, é um programa de controlo da populaçom. A lavagem cerebral das persoas e a enorme máquina de propaganda está a fazer com que sejam as próprias gentes a arregaçarem as mangas e deixarem-se vacinar, ou antes injectar, ca em realidade nom se trata de vacinas, mas de injeições experimentais. E nom se trata, como a idiotice geral acredita, de proteger as persoas, antes ao contrário. O impacto das vacinas na saúde é negativo, porque embora poidam ativar defesas contra um específico vírus, o resultado final é um enfraquecimento geral face ao resto dos vírus. Isto mesmo certos defensores das vacinas o tenhem reconhecido. Por outra banda, os compostos que entram no corpo através destas vacinas — e agora já injeições experimentais e que mexem co ADN — é bastante pernicioso, e ainda nom se sabe até que ponto. Ainda pior, as vacinas contra a gripe estám a criar coronavírus mais e mais «rabeados», é o mesmo processo que se passa

A PANDEMIA SEM FIM

Image
O que começara sendo umha medida temporal de precauçom pra retardar os contágios dum suposto perigosíssimo vírus, e assi poder evitar um tsunami de doentes e mortos nos hospitais, está-se tornando na nova «normalidade». E nom se vê o fim dela. As focinehiras nas facianas das persoas, os distanciamentos antisociais, os confinamentos e o destruiçom dos meios de vida das persoas continuarám de maneira indefinida. Mas esse era o plano inicial das exíguas elites que estám atrás deste crime: assovalhar a populaçom de todo o mundo, desta feita cumha nova versom do «shock and awe», pra assi poderem termar dos minguantes recursos e passarem o pago da dívida impagável à maioria da populaçom, tornada doravante em novos servos ou escravos. E a pandemia nom vai acabar porque o programa de vacinaçom mundial está a criar o que nom existia: a própria pandemia. Enquanto essas injeições experimentais fornecem (supostamente) imunidade contra umha variedade viral concreta (que de resto, se ela existir, só

A ARGALHADA DOS PANDÊMICOS DEBATES

Image
Levamos mais dum ano de «pandemia» de «Covid19», de argalhada criminosa e aleivosa, planejada de longa por criminosos, coa ajuda de cúmplices e idiotas úteis a fartar. Mais dum ano é tempo dabondo pra a gente se decatar da grande treta, mas é só umha exígua minoria que atingiu a compreender o que está a acontecer. Ele-serám os seres humanos simples destituídos mentais? Bem, um talibám ou um jesuíta pode ser um grande matemático ou cientista de qualquer disciplina. Nom se trata de inteligência, já que logo, mas de lavagem cerebral e auto-consciência (ou falta dela).  Os confinamentos, os enfocinhamentos e outras medidas pra idiotas, junto co programa criminoso de destruiçom da imunidade natural das persoas, através de injeições experimentais chamadas vacinas, continuam sendo aplicados. Emporisso, os criminosos que estám a dirigir isto, e mais os seus monicreques mama-caralhas chamados «políticos» e «jornalistas», sabem que nom podem deixar de aplicar a lavagem cerebral às persoas, outra